Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > NOTA DE PESAR PELA PERDA DO COMPANHEIRO EGÍDIO BRUNETTO

Nota de pesar pela perda do companheiro Egídio Brunetto

28/11/2011

A direção da CUT-MS está de luto, pois o movimento sindical brasileiro e internacional perde um companheiro de todas as frentes de batalha, Egídio Brunetto, dirigente do MST (Movimento Sem Terra)

Escrito por: Palmir C.Franco - CUT/MS

 

 

A Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul - CUT-MS, bem como todos os trabalhadores deste Estado e com certeza do País está de luto, pois o movimento sindical brasileiro e internacional perde um companheiro de todas as frentes de batalha, Egídio Brunetto, dirigente do MST (Movimento Sem Terra).

O companheiro Egídio sempre empunhou a bandeira do internacionalismo, das lutas dos povos e dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Fundador da Via Campesina Internacional, era responsável pela relação do MST com organizações campesinas de todos os continentes. Andou o mundo lutando pela Reforma Agrária, por uma sociedade mais justa, humana e igualitária.  Egídio faleceu na tarde desta segunda-feira, em um acidente de carro no interior do Estado, quando se dirigia para uma atividade no assentamento Itamaraty.

Egídio foi um ser humano muito especial. Filho de camponeses sem terra, trabalhou desde a infância na roça e, sempre muito esperto e indignado, envolveu-se com a pastoral da terra na região de Xanxerê, em Santa Catarina, e se transformou em militante do MST desde a década de 80. Desde então, contribuiu com a organização do Movimento em todo o país e com as lutas dos trabalhadores rurais pela terra, pela Reforma Agrária e por transformações sociais. Militante exemplar, preocupava-se sempre com os cuidados de cada militante. Foi uma pessoa generosa e solidária com todos. 

O MST e o povo brasileiro perdem um grande companheiro e um ser humano exemplar, um guerreiro Sem Terra que andou pelo mundo, construindo alianças com a classe trabalhadora. O grande companheiro Egídio nos deixa muitos e belos exemplos de vida, que nos motivarão a seguir o seu legado.

O movimento sindical sul-matogrossense, através da Central Única dos Trabalhadores  é solidário a dor da família e dos companheiros e companheiras do MST. Temos a certeza que o legado de luta deste companheiro ficará para a história do movimento e do Brasil.

 

Velório

O velório será nesta terça-feira (29/11), até às 15hs, em Campo Grande, na secretaria do MST. O endereço é rua Juruema, 309, bairro Taquarussu.  No fim da tarde, o corpo será levado de avião para Chapecó, em Santa Catarina.  À noite, o velório será na Cooperunião, em Dionisio Cerqueira. O enterro será na manhã do dia 30.

 

Direção da CUT-MS

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com